Dois estrangeiros são presos por suspeita de furto e contrabando na Lapa

Na chegada à delegacia, a dupla recebeu voz de prisão por corrupção ativa após oferecer produtos a policiais

Por O Dia

Rio - Após um patrulhamento, policiais da Operação Lapa Presente prenderam dois suspeitos, na madrugada deste domingo, na Rua Mem de Sá. O venezuelano Edward Javier Garcia Castaño e o colombiano Jean Piero Rangel Gutierrez circulavam próximo ao Circo Voador em um Corsa Sedan Preto com Placa de São Paulo e carregavam uma grande quantidade de mercadorias.

Os presos estavam com centenas de mercadorias sem nota fiscalDivulgação


Entre os itens apreendidos, haviam fones de ouvido, óculos escuros, seis celulares usados e sem os chips, relógios e mais de cem peças de roupas de grife, com etiquetas. Até roteadores de internet haviam dentro do carro. De acordo com os agentes, parte da mercadoria estava com etiquetas e dentro de caixas.

A polícia suspeitou que dosse material roubado e, após investigações, verificou que o carro também era roubado. Segundo os policiais que estavam nesta ocorrência, um dos suspeitos carregava uma garrafa de uísque dentro do carro. Os suspeitos alegaram que o material era destinado a familiares e que o veículo era alugado.

Na chegada a delegacia, os estrangeiros chegaram a oferecer os produtos apreendidos pelos agentes para que, em troca, os liberassem. O grupo foi preso em flagrante por corrupção ativa e a polícia investiga se os produtos são contrabandeados e se os aparelhos telefônicos são furtados.

Últimas de Rio De Janeiro