Bombeiro é atropelado por motorista de van após discussão

Segundo testemunhas, condutor atropelou propositalmente o militar, depois de impedi-lo de pagar a passagem com RioCard

Por O Dia

Rio - O tenente do Corpo de Bombeiros José Aurélio Alves, de 54 anos, sofreu uma fratura na perna direita ao ser atropelado por uma van de transporte alternativo, na Cidade de Deus, na Zona Oeste, no final da noite de quarta-feira. Segundo testemunhas, José, que estava acompanhado da esposa, discutiu com o motorista da van, pois queria pagar a passagem com um RioCard, mas o homem não aceitou e exigiu pagamento em dinheiro.

Segundo testemunhas, no auge da discussão, o casal desceu e o motorista, propositalmente, arrancou com o veículo e atropelou a vítima, no Largo da Cidade de Deus. Médicos de uma ambulância que conduzia uma grávida para o Hospital Estadual Carmela Dutra, em Madureira, na Zona Norte, pararam para socorrer o tenente, que foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, por bombeiros.

Uma testemunha anotou a placa da van, que faz o trajeto Rio das Pedras - Taquara e entregou para a polícia. Imagens das câmaras de segurança da região também podem confirmar o atropelamento proposital. E, através da placa, a polícia informou que chegará ao motorista acusado. A mulher de José confirmou a história quando prestou depoimento na 32ª DP (Taquara), onde o caso foi registrado. 

Últimas de Rio De Janeiro