Número de roubos no estado aumentou, enquanto de homicídios caiu

Segundo dados do ISP, assaltos a pedestres e em coletivos subiram 11% em janeiro

Por O Dia

Rio - O número de roubos de rua aumentou 11% em janeiro de 2015, em relação ao mesmo mês do ano passado. De acordo com estatísticas divulgadas nesta segunda-feira pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), foram 8.617 casos este ano, em todo o estado, contra 7.760 em 2014.

Os números referem-se a assaltos a pedestres, ataques em coletivos e roubos de celulares. Isoladamente, o roubo a transeunte cresceu 5,3% (6.625 em janeiro de 2014 e 6.978 em janeiro de 2015). Porém, o índice de homicídios dolosos (com intenção de matar) apresentou redução de 4,7% (464 em 2014 e 442 em 2015).

A quantidade de jovens envolvidos em crimes é alarmante: mais 37,7% de apreensões de menores (562 em 2014 e 774 em 2015) em todo o estado. Na Baixada foram 20% a mais de apreensões de menores, 64% na capital e 48% no interior.

A estatística de roubo de cargas teve crescimento vertiginoso, pulando de 489 casos no primeiro mês de 2014 para 733 em janeiro de 2015 (49,9% a mais).

A estatística de autos de resistência (mortes em confronto com policiais) também aumentou: foram 50 casos, em janeiro de 2014, e 64 no mesmo mês deste ano. Esses dados, analisados por região, apresentam outra realidade. Na Baixada, por exemplo, o número de mortos em confrontos com a polícia saltou de cinco para 20 (300%).

Roubo de veículo caiu 10,3% (3.207, em 2014, e 2.878, em 2015). A mesma tendência pode ser observada nos roubos a residência e a estabelecimentos comerciais. O primeiro tipo de crime teve queda de 16,7% (de 126, caiu para 105), e o segundo, de 774 para 664 (-14,2%). Já a apreensão de drogas cresceu 5,8% (de 2.356, para 2.492). Estupro teve redução de 12,6% (555 em 2014 – 485 em 2015).

Últimas de Rio De Janeiro