Polícia investiga morte de modelo na Barra da Tijuca

Natural do Espírito Santo, ela caiu do 21º andar do prédio onde morava com o namorado

Por O Dia

Rio - A 16ª DP (Barra da Tijuca) investiga a morte da modelo Lucilene Miranda, 33 anos. Ela caiu do 21º andar do prédio onde morava com o namorado, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, no final da noite do último sábado. Natural do Espírito Santo, ela morava há 15 anos na capital fluminense. O corpo da modelo foi enterrado na manhã desta quarta-feira, em Vila Velha.

Modelo foi encontrada morta após cair do 21º andar de prédio na Barra da tijucaarquivo pessoal

Familiares não acreditam na hipótese de suicídio em razão de a modelo ter propostas de trabalho previstas para os próximos meses."Está tudo em aberto. Conhecendo a minha irmã, como eu conheço, acho muito improvável que ela tenha se matado. Ela estava muito feliz, cheia de projetos”, disse o irmão da modelo, Lizandro Miranda, ao jornal 'Folha Vitória'.

Segundo a Polícia Civil, o local já passou por análise da perícia técnica e as imagens do circuito interno serão analisadas para a elucidação do caso.  Testemunhas já foram ouvidas e os agentes aguardam os laudos periciais.



Últimas de Rio De Janeiro