PM de UPP é atingido por tiros na Ilha do Governador

Soldado lotado em Manguinhos voltava para casa. Polícia investiga tentativa de assalto ou emboscada

Por O Dia

Rio - O soldado da PM Clayton Fagner Alves Dias foi atingido por vários tiros na Estrada do Galeão, próximo a Base Aérea, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, na noite desta quarta-feira. Lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Favela de Manguinhos, ele seguia de moto para casa quando foi atacado a tiros por pelo menos três bandidos em duas motos.

O PM ainda chegou a reagir e a trocar tiros com os bandidos, mas foi baleado várias vezes. Os criminosos teriam usado uma pistola com dispositivo de rajada. O PM foi socorrido por colegas do 17ª BPM (Ilha do Governador) e levado para o Hospital da Força Aérea do Galeão. O estado de saúde dele é grave.

O ataque ao policial foi registrado na 37ª DP (Ilha do Governador). A polícia investiga a hipótese de tentativa de assalto. Porém, devido ao grande número de tiros disparados e que atingiram o soldado não está descartada a hipótese de tentativa de execução do PM. E le pode ter sido seguido da UPP após ele ter deixado o serviço.

Últimas de Rio De Janeiro