Disque-Denúncia aumenta recompensa por líderes da invasão ao Morro da Coroa

Valor do prêmio por informações que levem as prisões dos primos Fú e Claudinho da Mineira subiu de R$ 10 mil

Por O Dia

Rio - O Portal dos Procurados aumentou nesta sexta-feira para R$ 10 mil cada, a recompensa por informações que levem a prisão dos traficantes, Ricardo Chaves da Costa Lima, o Fú da Mineira, também conhecido pelo apelido de Playboy, e Cláudio José de Souza Fontarigo, o Claudinho da Mineira. Anteriormente o valor era de R$ 5 mil. Eles são apontados pela polícia como os responsáveis por liderar a invasão de bandidos do Morro do Fallet, no Complexo de Santa Teresa, ao Morro da Coroa, no Catumbi.

Ligados à facção criminosa Comando Vermelho e após quase 20 anos cumprindo pena em diversos presídios estaduais e federais, ?eles deixaram a Penitenciária Estadual Edvan Mariano Rosendo, em Porto Velho, em Rondônia, em agosto de 2013, após receberam o direito de uma visita de sete dias à família?. Os ?criminosos? não voltaram e são considerados foragidos do sistema prisional.

Recompensa por informações de Fú e Claudinho da Mineira%2C líderes de invasão ao Morro da Coroa%2C é aumentadaDivulgação

Fú e Claudinho conseguiram direito à progressão de regime em dezembro de 2011 e teriam que ir o presídio em Rondônia. No início de 2013, a Justiça Federal de Rondônia determinou que a decisão de quase dois anos atrás fosse cumprida. Desde então, a Justiça do Rio teria entrado com vários recursos para tentar mantê-los na penitenciária federal de Mato Grosso, onde eles estavam e também sabedora que Rondônia não tinha condições de abrigá-los, pois a unidade semiaberta era precária e com pouca segurança.?

Após a fuga eles foram flagrados?,? acompanhados de duas mulheres, passeando num shopping em Porto Velho. Durante o passeio, os bandidos fizeram compras e falaram ao celular. Depois, já de volta ao Rio, eles foram buscar abrigo no Complexo do Lins, na Zona Norte, e, atualmente, estavam comandando o tráfico no Morro do Chapadão, onde ?o? genro? de Fú?, ?o traficante ?Nando Bacalhau,? já foi chefe.

Primos, Fú e Claudinho, nos anos 90, estavam entre os principais chefes do tráfico de drogas no Rio. Eles estiveram à frente do tráfico nos morros da Mineira e Zinco, que fazem parte do Complexo do São Carlos, comunidades que hoje possuem Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). Antes da chegada das forças de segurança, os morros de São Carlos, do Querosene e do Zinco eram controlados pela facção rival Amigos dos Amigos (ADA), enquanto a Mineira era atrelada ao CV.

Claudinho que foi condenado a 70 anos e dois meses de prisão tem fama também pelos sequestros que comandava. O mais conhecido deles foi o do empresário Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira Filho, em 1995. Fú foi condenado a 89 anos e 10 meses de prisão. Em 2007, eles foram acusados, junto com outros dez criminosos, de terem ordenado? de dentro do presídio, ataques a delegacias e ônibus no Rio.

Fú e Claudinho estariam envolvidos nos últimos acontecimentos ocorridos no Morro da Mineira, onde estariam tentando retomar seus pontos de drogas. Segundo informações, isso seria uma promessa da cúpula do Comando Vermelho, que era devolver o controle do tráfico de drogas da Mineira, para o traficante Fú.

Ricardo Chaves possui três mandados de prisão e anotações criminais por associação para o tráfico, homicídio, crime tentado. Claudio? Fontarigo possui quatro mandados de prisão e anotações por associação, seqüestro, homicídio, ameaça, tráfico de drogas.

Quem tiver alguma informação a respeito da localização e paradeiro dos criminosos, denuncie, enviando uma mensagem de texto, vídeo ou fotos para o aplicativo de mensagens do WhatsApp do Portal dos Procurados (21) 96802-1650, ou entre em contato com a Central Disque-Denúncia pelo (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, para quem estiver fora da capital.

O Anonimato é garantido. A Coordenação do Portal dos Procurados, alerta à população para não investigar por conta própria, devendo apenas relatar à polícia a sua suspeita. Sempre armados e são perigosos. Acesse o site procurados.org.br?.

Últimas de Rio De Janeiro