Funcionários do Detran dizem que há 5 meses recebem pagamentos atrasados

Dois mil veículos deixaram de realizar a vistoria veicular. Empresa terceirizada diz que pagará funcionários na terça-feira

Por nicolas.satriano

Rio - Funcionários terceirizados do posto de atendimento do Detran, na Barra da Tijuca, resolveram fazer uma paralisação, a partir das seis da manhã deste sábado. Eles alegam que, há pelo menos cinco meses, recebem o pagamento com atraso. Também dizem que há atrasos no recolhimento de benefícios. 

Inclusive, por conta da paralisação, se formou uma fila de carros próximo ao posto com pessoas que estavam com a vistoria veicular agendada para hoje e não conseguiram realizar o serviço. Com isso, o trânsito no local conhecido como Cebolão, próximo ao Terminal Alvorada, chegou a ficar intenso e com ligeiras retenções. Incomum para uma manhã de sábado. 

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, um caminhão com pane mecânica chegou a interditar uma faixa da Avenida Ayrton Senna, no sentido orla, o que pode ter colaborado para o tráfego complicado na região. No entanto, a pista já foi liberada e, por volta das 10h30, o trânsito na região fluía sem problemas. 

Em nota, a assessoria do Detran informou que não só os funcionários da empresa prestadora de serviços do posto da Barra, como também os de Resende e Teresópolis decidiram pela paralisação. Notificada pelo orgão, a empresa responsável por prestar o serviço nos postos informou que o pagamento será feito na próxima terça-feira. Devido à paralisação, aproximadamente dois mil veículos deixaram de ser vistoriados neste sábado, segundo o Detran. 

As pessoas que não foram atendidas hoje, poderão retornar ao posto no próximo sábado, sem que seja necessário um novo agendamento. O prazo de vistoria para veículos com finais de placa 2 e 3 será prorrogado de 31 de agosto para 30 de setembro. Ainda, na última semana de agosto os postos do Detran vão operar também à noite. 


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia