Bancas de jornal serão realocadas no Centro por conta de obras do VLT

Depois de notificados, os proprietários das bancas deverão propor novos locais que serão avaliados pela Prefeitura

Por O Dia

Rio - O novo sistema de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) está causando uma grande dor de cabeça para os donos de bancas de jornal por onde o transporte irá passar. O trem irá percorrer toda a extensão da Avenida Rio Branco pelo lado ímpar da via, e por isso as bancas que se encontram nesse espaço precisarão ser retiradas.

Segundo a Prefeitura do Rio, o motivo da remoção das bancas seria para garantir a visibilidade do condutor e dos pedestres e para a construção das paradas do VLT e travessias. Por conta disso, as 25 bancas de jornal instaladas deste lado da via precisarão ser realocadas.

Trecho de 600 metros será transformado em área exclusiva para pedestres, ciclistas e passagem para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT)Divulgação Porto Maravilha

A Subprefeitura do Centro, a Secretaria Municipal de Ordem Pública e a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), afirmaram que, depois de notificados, os proprietários deverão propor novos locais que serão avaliados pela Prefeitura. Até o momento, cinco bancas já foram remanejadas na Avenida Rio Branco. Quatro foram deslocadas na própria via e uma foi instalada na Avenida Almirante Barroso. Outras 21 bancas ainda precisam trocar de lugar. Alguns proprietários ainda estão escolhendo os locais alternativos.

Interdição na Avenida Rio Branco

A partir das 6h do próximo sábado (16), a Avenida Rio Branco será interditada ao trânsito entre a Avenida Nilo Peçanha e a Rua Santa Luzia para obras do novo Passeio Público da Rio Branco. O trecho de 600 metros será transformado em área exclusiva para pedestres, ciclistas e passagem para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

VLT passará pela Praça TiradentesDivulgação Porto Maravilha

Com a interdição, o fluxo viário e as linhas de ônibus que seguiam pela Avenida Rio Branco neste trecho serão desviados pelas avenidas Nilo Peçanha e Graça Aranha. Serão 82 linhas com itinerários alterados nesse período. Na nova configuração, a Avenida Nilo Peçanha passa a operar da Avenida Rio Branco até a Rua Debret neste sentido. A Rua Debret muda de sentido entre a Avenida Almirante Barroso e a Rua Araújo Porto Alegre.

Por fim, a  SMTR, a CET-Rio, a Cdurp e a Concessionária VLT Carioca informaram que instalaram faixas para avisar aos motoristas desde o dia 10 de janeiro. Desde a última quinta-feira (14), placas informativas e monitores orientaram os passageiros de ônibus nos pontos que serão desativados distribuindo folhetos com detalhes das mudanças.

Reportagem do estagiário Luis Araujo

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas