Armazém do Pereira dá rodada de chope grátis a cada gol do Brasil na Copa

Estabelecimento de Nilópolis se prepara para a Copa do Mundo com promoção para os clientes

Por O Dia

Mix do Pereira%2C tábua com cinco tipos de petisco%2C é o mais pedido na casaFabio Gonçalves / Agência O Dia

Rio - Um chope black bem gelado com espuma cremosa, cinco tipos de petiscos variados numa só tábua e muita carne seca com uma saborosa manteiga de garrafa. Essa é a combinação perfeita para quem quer provar uma boa culinária ao som de música ao vivo no Restaurante Armazém do Samba (Rua Darci Vargas 157, Centro de Nilópolis, telefone 2791-4067). Para os jogos da Copa do Mundo, o restaurante, que tem rampas de acesso para cadeirantes, vai lançar uma promoção: quem pedir uma torre de chope leva uma camisa personalizada da seleção do Armazém do Samba. O clientes que assistir aos jogos com ela, a cada gol do Brasil ganha uma rodada de chope.

A casa, inaugurada há oito anos, ainda tem de melhor em seu cardápio o Paraibinha, petisco de carne seca acebolada com aipim frito e manteiga de garrafa. Custa R$ 32,90. “É uma novidade que fez sucesso. O cliente quer comer bem e o prato é um dos mais pedidos acompanhado do chope black, que é adocicado e tem a espuma cremosa”, garante Adriana Pereira, que comanda o Armazém ao lado de dois irmãos.

Em dias de jogo, o futebol visto num telão é apreciado com o prato mais pedido da casa: o Mix do Pereira (R$ 39,90). Numa tábua vem camarão ao alho e óleo, filézinho ao molho madeira, linguiça fresca à mineira, frango empanado e aipim com linguiça gratinada coberta de queijo derretido.

Às terças-feiras, a partir das 19h, há apresentação de dança de salão e na quarta, dose dupla de chope. Quinta rola karaokê com banda ao vivo e na sexta, às 21h, show de MPB e samba. Aos sábados, tem sertanejo e anos 80 e domingo, às 19h, o grupo Benguelê faz uma roda de samba no Armazém, que possui um espaço para os amantes da vodca e uísque.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada