Tartaruga marinha é salva pela Guarda Marítima de Cabo Frio

A GMA foi acionada para resgate da tartaruga, anilhada pelo projeto TAMAR, e encaminhou o animal para o Centro de Tratamento de Animais Marinhos (CAT)

Por O Dia

Rio - Realizando um patrulhamento de rotina, uma equipe da Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio (GMA) foi acionada na noite de terça-feira (21), para um resgate de uma tartaruga marinha de pente, normalmente encontrada em mares tropicais e subtropicais.

O animal ferido foi encontrado próximo a Boca da Barra por um condutor de moto aquática, que avisou à equipe da Guarda Marítima. A tartaruga foi encaminhada para tratamento no Centro de Tratamento de Animais Marinhos (CTA), mantido pela Petrobras na área entre Praia Seca (Araruama) e Arraial do Cabo, para receber tratamento especializado por veterinários especialistas em animais silvestres marinhos.

O fato que chamou atenção dos GMA é que a tartaruga possuía anilhas de identificação, que indicava que ela teria sido anilhada pelo Projeto TAMAR, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), na Praia do Forte, no litoral norte da Bahia.

Animal ferido foi encontrado próximo a Boca da BarraDivulgação | Guarda Marítima e Ambiental

O comandante Sérgio Guedes parabenizou a equipe de serviço pelo belo trabalho realizado e disse que essa foi a primeira vez que é encontrada uma tartaruga anilhada na cidade.

"É fato comum encontrar tartarugas no Canal de Itajuru, mas essa foi a primeira vez que é encontrada uma tartaruga anilhada, permitindo assim, a identificação de sua origem e o conhecimento de parte do seu ciclo de vida", afirma Guedes.

Últimas de _legado_O Dia no Estado