Jazz, blues e soul nas ruas de Paraty

São 30 horas de espetáculos em dois palcos ao ar livre nas praças da Matriz e da Igreja Santa Rita

Por O Dia

Rio - Em cada esquina, uma festa. De hoje a domingo, a sétima edição do Bourbon Festival Paraty reúne 21 atrações musicais e uma exposição fotográfica da cidade histórica da Costa Verde. São 30 horas de blues, jazz, R&B, soul, música brasileira e world music, dia e noite, em dois palcos ao ar livre nas praças da Matriz e da Igreja Santa Rita, além de buskers (músicos de rua) e da Orleans Street Jazz Band. Todos os shows são gratuitos. Em 2014, o festival levou 30 mil pessoas a Paraty.

Atração internacional que abre o festival, o quarteto estrelado pelo guitarrista americano Mike Stern, que já tocou com Miles Davis. A principal atração deste ano é o furacão Sharon Jones, acompanhada da banda The Dap-Kings, a mesma que impulsionou a carreira de Amy Winehouse. Na noite de hoje, tem o blues elétrico do guitarrista do Mississipi Vasti Jackson. O festival conta também com os internacionais Ella & Louie Tribute Band, de New Orleans, e a brassband holandesa The Jig.

Entre os artistas nacionais, os destaques são o baixista Arthur Maia e o saxofonista Leo Gandelman, que faz um duo com Serginho Trombone no pôr-do-sol de sábado. A tarde começa com o guitarrista Torcuato Mariano. O percussionista Naná Vasconcelos abre a noite de domingo, acompanhado pelo violoncelista Lui Coimbra, e a cantora Tulipa Ruiz encerra o festival no calor do lançamento de seu novo disco, Dancê.

Últimas de _legado_O Dia no Estado