Unidades do Sesc têm atrações de circo, música e curso de cinema

Os eventos serão em Madureira, Ramos, Niterói e em Copacabana

Por O Dia

Rio - Com direção do grupo Off-Sina, o espetáculo 'A palhaça que fugiu do circo' aborda questões como autoconhecimento, aceitação, amor e companheirismo a partir da trajetória da personagem Couve-Flor, que deixa o picadeiro para trilhar uma jornada fora do circo. A atração será apresentada hoje, no Sesc Niterói, e amanhã, no Sesc Madureira. As encenações serão às 16h.

A peça 'A palhaça que fugiu do circo' será apresentada nas unidades do Sesc em Niterói e MadureiraDivulgação

Ao fugir, Couve-Flor entra em contato com elementos e situações de seu passado, e reencontra Tatuí, seu antigo companheiro de cena. Ao longo do espetáculo, a dupla passa por uma série de transformações que encerram uma grande lição de amor ao circo e ao próximo. Já a dramaturgia foi desenvolvida com base nas técnicas da palhaçaria, por meio de ações físicas, trabalhos com objetos e interação direta com o público.

Couve-Flor e Tatuí são interpretados por Anneli Olljum e Dio Jaime Vianna de Almeida, da Cia Sapato Velho. A direção musical é de Ricardo Pavão e os figurinos são de Ney Madeira e Dani Vidal. Ingressos a R$ 10, R$ 5 (meia) e R$ 2 (associado Sesc).

A banda Autoramas é a atração musical de hoje no Sesc Ramos, a partir das 17h. O conjunto, que mistura rock dos anos 1960 com New Wave e clássicos da Jovem Guarda, também sobe ao palco do Sesc São Gonçalo, amanhã, às 19h.

Canções inéditas

Segundo o vocalista Gabriel Thomaz, o público que for aos shows ouvirá em primeira mão canções inéditas do próximo álbum da banda, ainda sem data para ser lançado. A banda é formada ainda por Jairo Fajer (baixo), Fábio Lima (bateria) e Érika Martins (guitarra, percussão, teclados e voz). Ingressos a R$ 20, R$ 10 (meia) e R$ 5 (associado).

Curso gratuito no Sesc Copacabana

Começa hoje, no Sesc Copacabana, o curso Introdução ao Cinema Documental, com a jornalista e roteirista Sandra Pereira. As aulas são gratuitas e acontecem todos os sábados, entre 14h e 17h, até dezembro.

Ao todo, a carga horária é de 36h, divididas em 12 aulas, que compreendem os seguintes eixos: características do cinema documentário e diferenças frente à ficção, análise e discussão de obras de grandes expoentes do cinema documental, formas de abordagem e representação da realidade, escolha de tema e pesquisa, pré-roteiro, direção e estratégias de filmagem, montagem e edição.

O curso Introdução ao Cinema Documentário tem objetivo de exemplificar as diferenças entre ficção e documentário por meio da exibição de trechos de obras, além de apresentar ao aluno o processo de criação de um documentário desde a escolha do tema até a montagem, desafiando o aluno a repensar o cotidiano em que está inserido a partir dos recursos da arte cinematográfica.

Últimas de _legado_Projeto Transformação