Em enterro, escola faz homenagem a adolescente morto com tiro na cabeça

Direção preparou 70 camisas com foto do jovem. Pela manhã, profissionais penduraram cartazes na parede do colégio

Por O Dia

Gabriel Frazão levou um tiro na cabeça quando chegava em casa em Pilares. Bandidos faziam arrastãoReprodução Facebook

Rio - Morto com um tiro na cabeça na porta de sua própria casa, em Piedade, Gabriel Frazão Araújo, de 16 anos, foi enterrado nesta quinta-feira, no Cemitério de Inhaúma, na Zona Norte. Emocionados, os profissionais do Centro Educacional Maia Santos homenagearam o ex-aluno com 70 camisas que traziam a foto do jovem e a frase: "Você será sempre nosso menino de ouro".

Pela manhã, a direção suspendeu as aulas em solidariedade à família e pendurou faixas e cartazes na parede do colégio com a palavra "Luto".

Na noite desta quarta-feira, bandidos faziam um arrastão pelas ruas do bairro e atingiram Gabriel na cabeça quando entrava na residência, na Rua Francisca Vidal.

Na ocasião do crime, o jovem chegava de um curso e teria se assustado com os suspeitos e corrido. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Salgado, no Méier, mas não resistiu. A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) está investigando o caso.

LEIA MAIS: Adolescente é atingido por tiro na cabeça na porta de casa em Pilares

Colégio onde estudava Gabriel Frazão%2C de 16 anos%2C morto na porta de casa%2C em Piedade%2C entra em lutoSeverino Silva / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro