Zoológico de Volta Redonda ganha filhote de onça-pintada

Com risco de extinção no Brasil, o animal foi doado pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama

Por O Dia

Rio - Uma onça-pintada macho, de 11 meses, é a mais nova atração do Zoológico Municipal de Volta Redonda, no Sul Fluminense. O animal foi doado pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em Manaus (AM).

“Após um pequeno período de quarentena, para que a equipe do zoológico avalie as condições do animal, a onça será liberada para a visitação”, explicou o biólogo Jadiel Teixeira, diretor do Zôo VR.

Zoológico de Volta Redonda ganha filhote de onça-pintadaDivulgação

Com risco de extinção no país, a onça foi transportada em avião até o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, de onde foi levada num caminhão até Volta Redonda. A bióloga Natália Teixeira dos Santos, que trabalha no Zôo, contou que o transporte foi tranquilo e que o animal apresenta comportamento normal para a espécie e para a idade. “Colocamos um brinquedo diferente todos os dias na jaula para ele se distrair e se adaptar ao novo lar”, comentou Natália.

Num concurso realizado pela Prefeitura de Volta Redonda, que administra o zoológico, internautas batizaram a onça de Raoni, nome indígena, que significa grande guerreiro. Por dia, o animal come até 2,5 quilos de músculo bovino.

Últimas de Rio De Janeiro