Em greve, Uerj promove vestibular neste domingo

Candidatos vão se deparar com a falta de estrutura das instalações da universidade

Por O Dia

Rio - A Universidade do Rio de Janeiro (Uerj) abre as portas neste domingo para a primeira etapa do vestibular e os candidatos vão se deparar com a falta de estrutura das instalações da instituição que pretendem estudar. O DIA esteve no local e constatou a precariedade na manutenção de banheiros e elevadores, que não estão em seu total funcionamento, e na limpeza.

"Dentro do campus nós temos uma incidência enorme de chikungunha. No comando de greve cinco pessoas pegaram a doença”, disse o professor de Química, Luiz Santa Maria. Por conta da falta de pagamentos e condições de trabalho, com serviços terceirizados suspensos, os professores estão há três meses em greve. Alguns pediram até para a universidade cancelar o processo seletivo.

De acordo com os organizadores do vestibular, o dinheiro para os reparos necessários são recolhidos de forma autosuficiente, pois o certame não tem ligação com os problemas financeiros da instituição. A Uerj tem atrasado o pagamento desde o início de 2015. No próximo dia 28, deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) irão debater a crise da universidade.

Últimas de Rio De Janeiro