Menor suspeito de matar pastor é apreendido na Baixada

Religioso foi assassinado na comunidade São Leopoldo, quando foi ajeitar muleta que estava dentro de carro, assustou traficante e acabou baleado

Por O Dia

Rio - O suspeito de matar o pastor Marco Aurélio Bezerra de Lima, de 48 anos, foi apreendido pela Polícia Civil na manhã desta segunda-feira, na Baixada. De acordo com a polícia, o menor presta depoimento na Delegacia de Homicídios da Baixada (DHBF). Ele teria se apresentado às autoridades. "Vamos formalizar a representação pela apreensão do menor junto ao plantão judiciário", afirmou o delegado da especializada, Giniton Lages.

Marco Aurélio Bezerra era pastor da Assembleia de Deus Missão Sem FronteirasReprodução Internet

O religioso foi assassinado na noite da última sexta-feira, na comunidade São Leopoldo, nas imediações do Gogó da Ema, em Belford Roxo, quando foi ajeitar a muleta que estava dentro do carro, ao lado do carona. Ele foi enterrado na manhã deste domingo, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap.

Marco, que fazia evangelização de traficantes em comunidades há 20 anos, usava muleta após sofrer um acidente de moto e passar por cirurgia em uma das pernas. 

De acordo com a investigação, o pastor estava mostrando fotos de traficantes que conseguiu levar para a igreja quando ajeitou a muleta e acabou baleado. Em uma das imagens, aparecia ao lado do traficante Celso Pinheiro Pimenta, conhecido como Playboy, morto em agosto do ano passado em uma operação policial. Na época, Playboy era o traficante mais procurado do Rio.

O pastor da Assembleia de Deus Missão Sem Fronteiras chegou a ser candidato a vereador de Belford Roxo pelo DEM, em 2012. Ele deixou mulher e três filhos.

Últimas de Rio De Janeiro