Capitã da PM é presa por incitar greve

Ela usou rede social para responder internautas que pediam para PM não fazer paralisação. "Só cuidaremos dos nossos! Fujam pras colinas"

Por O Dia

Capitã da PM foi presa por incitar greve. Ela ficou conhecida ano passado por amamentar um bebê durante uma ocorrência policialReprodução Facebook

Rio - A capitã da Polícia Militar, Ana Paula Moutinho, foi presa administrativamente nesta sexta-feira por incitar a greve da PM através das redes sociais. De acordo com a corporação, ela postou "mensagens agressivas à sociedade".

Ela usou rede social para responder internautas que pediam para PM não fazer paralisação. "Só cuidaremos dos nossos! Fujam pras colinas". A capitão, que é lotada no 31º BPM (Recreio), ficará detida por um período de 72 horas (até domingo). De acordo com a Polícia Militar, o comandante do batalhão tomou a medida de acordo com Regulamento Disciplinar da PM.

Em outubro, a capitã ficou conhecida quando amamentou um bebê durante uma ocorrência, na comunidade do Terreirão, no Recreio, na Zona Oeste. A policial tinha acabado de se tornar mãe. O caso ganhou as redes sociais e ela chegou a ser entrevistada no Encontro, de Fátima Bernardes.

Últimas de Rio De Janeiro