Outono chega com ressaca no Rio

Cariocas e turistas curtem o dia mais fresco, porém, com sol no primeiro dia da nova estação

Por O Dia

Rio - O primeiro dia do outono, que começou ontem, às 7h29, foi com mar de ressaca e fechamento de um trecho da Ciclovia Tim Maia por medida de segurança. A Marinha chegou a emitir aviso de ondas com mais de dois metros em todo o litoral do Rio. Em abril de 2016, um trecho da ciclovia desabou depois de ser atingida por uma onda matando duas pessoas.

As ondas com dois metros e meio de altura tiveram períodos de pico de 15 segundos, o que fez o Centro de Operações da Prefeitura (COP) determinar a interdição do trecho da ciclovia entre São Conrado e Barra às 7h20, poucos minutos antes do início da nova estação. Equipes do COP monitoram as condições do tempo.

Grupo evitou o banho de mar%2C mas não perdeu o solzinho e o dia bonito%2C após dias muito quentesEstefan Radovicz / Agência O Dia

E o mar revolto afastou os banhistas. Um deles foi a turista mineira Sabrina Fernandes, 26 anos. A universitária mora em Sete Lagoas. “Fiquei com medo de entrar no mar porque as ondes estão fortes. O dia está lindo, mas é uma pena que não dá para entrar no mar”, lamentou a jovem.

Para fechar a ciclovia foram colocados tapumes em suas extremidades. Mas o técnico em enfermagem Silvio Menezes, 60 anos, ignorou e atravessou o trecho interditado. “Dá para ter noção se está perigoso ou não. Não tenho medo. Sou morador da área e conheço bem aqui”, arriscou.

A artesã carioca e moradora do Leblon Solange Dorça, 52 anos curtiu o primeiro dia de outono na cidade e adora a estação. “No Rio é impossível praticar algum esporte quando não é outono por causa do calor mesmo tendo um paisagem maravilhosa. Prefiro o outono. Agora posso praticar esportes até o mês de junho”, comemorou ela.

Últimas de Rio De Janeiro