Detran lembra vítimas de trânsito em evento com líderes religiosos

Cerimônia acontece no Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trãnsito

Por O Dia

Rio - O Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ) reuniu líderes de dez religiões diferentes para celebrar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, em cerimônia realizada no teatro João Caetano, na Praça Tiradentes, no Centro do Rio, na tarde deste domingo. Esta foi a 8ª edição do evento, que tem como objetivo de homenagear milhares de pessoas que tiveram suas vidas interrompidas pela violência no trânsito.

Pessoas se reuniram no teatro João Caetano para lembrar vítimas do trânsitoDivulgação Detran RJ

A ação, lembrada anualmente pelo Detran, também contou com a presença de familiares de vítimas, que fizeram uma manifestação em favor do fim da violência no trânsito. O evento também incentivou a tomada de medidas efetivas que reduzam os riscos de acidentes para promover um trânsito mais responsável e seguro.

“Os acidentes de trânsito são assunto seríssimo. De janeiro a julho deste ano, números ainda parciais, mostram que houve 1.243 vítimas fatais. São seis mortes por dia no Estado. Temos que estar atentos e reduzir sempre este triste índice”, afirmou Vinicius Farah, presidente do Detran-RJ.

Antes do discurso dos representantes religiosos, foi exibido um vídeo apresentando os novos produtos do Detran e o trabalho realizado pelo Núcleo de Apoio às Vítimas de Trânsito (NAVI), que acolhe os parentes das vítimas e oferece apoio psicológico e promove atividades lúdicas para incentivar a valorização da vida.

Segundo Dinilda Côrtes, coordenadora do NAVI, o ato inter-religioso é uma ação importante para cada familiar: “Juntos, eles têm a oportunidade de compartilhar este momento com os amigos da dor. Este momento de reflexão os conforta imensamente” explica a psicóloga.

Ao final da cerimônia, ao som do Coral Canta Detran, cada familiar deixou um vaso de flores no palco, em homenagem àqueles que, precocemente, perderam suas vidas em acidentes de trânsito.

Últimas de Rio De Janeiro