Manifestação fecha vias do Centro e complica trânsito

Avenidas como Presidente Vargas e Rio Branco tiveram o tráfego de carros interrompido por conta do protesto

Por O Dia

Rio - Um protesto em apoio aos profissionais de Educação — que estão de greve desde 2 de março — complicou o trânsito do Centro do Rio na tarde desta quarta-feira. A Rua 1º de Março, na altura da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), a Rua da Assembleia e a Avenida Almirante Barroso, sentido Rua 1º de Março, chegaram a ser interditadas. Neste momento, os manifestantes estão em frente a Alerj.  

LEIA MAIS: Professores votam por continuação de greve que já dura mais de três meses

Trânsito da Av. Pres. Antônio Carlos chegou a ser desviado por conta do protestoTwitter Centro de Operações da Prefeitura do Rio

A pista lateral da Avenida Presidente Vargas, no sentido Candelária, a partir da Avenida Passos, e a Avenida Rio Branco a partir da Avenida Presidente Vargas também foram interditadas.

Equipes da CET-Rio realizaram o desvio para a Av. Passos. Os motoristas que iam do Centro para a Zona Sul tiveram que optar pela Rua de Santana, Avenida Mem de Sá, Rua Teixeira de Freitas e o Aterro do Flamengo ou pelo Viaduto 31 de Março e o Túnel Santa Bárbara. 

Últimas de Rio De Janeiro