Quissamã expande rede de saúde

Cidade, que atualmente atende a 100% da população, pretende investir R$ 57 milhões em 2017

Por O Dia

Rio - Em tempos de crise econômica e contenção das despesas, muitas cidades brasileiras têm adotado postura bastante austera. Diversas delas chegam até a diminuir as verbas de setores fundamentais, como segurança, saúde e educação. Por outro lado, alguns municípios, apesar de todas as dificuldades, conseguem garantir os investimentos sociais. Em Quissamã, por exemplo, chama a atenção o Programa Saúde da Família (PSF), que atualmente atende a 100% da população e ainda projeta a ampliação da rede — deverão ser investidos R$ 57 milhões em 2017.

Quissamã expande rede de saúde Divulgação

De acordo com o secretário de Saúde, Linaldo Lyra, de janeiro a junho de 2017, por exemplo, já foram investidos mais de R$ 3 milhões no programa de atenção bá- sica de saúde de Quissamã, com projeção de chegar a R$ 7 milhões até o fim deste ano. O orçamento total é de R$ 54 milhões. “Mesmo diante da queda de receita e dívidas anteriores, mantivemos os serviços e estamos planejando a ampliação da rede, com a construção de mais uma unidade, no bairro Sítio Quissamã”, adianta ele.

Ainda segundo Linaldo Lyra, a rede tem um ambulatório de saúde mental, um pronto atendimento 24 horas, dois centros de Fisioterapia e o Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus, com maternidade e especialidades como Clínica Médica, Psiquiatria, Pediatria, Cirurgia, UTI e Emergência. “Quissamã conta com 100% de cobertura de Unidades de Saúde da Família (USF), sendo a porta de entrada de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)”, assegura Linaldo Lyra.

Programa cresce gradativamente

Implantado em 1994, seguindo orientação do Ministério da Saúde, o PSF de Quissamã teve início naquele mesmo ano. Na época, eram quatro equipes — médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes de saúde —, atuando nas localidades de Barra do Furado, Santa Catarina, Alto Grande e no Centro. Porém, em 1996, foi desativado, voltando a funcionar efetivamente somente em 2001. Desde, então, o Programa Saúde da Família tem sido ampliado gradativamente. Hoje, como destaca o secretário de Saúde de Quissamã, Linaldo Lyra, o sistema municipal consegue atender a mais de 23 mil pessoas e conta com dez unidades, com várias especialidades médicas e consultórios odontológicos.

Últimas de Rio De Janeiro