Flamengo aciona a Fifa por atraso na documentação do atacante Geuvânio

Em nota, o clube reiterou que iniciou o trâmite na data de abertura da janela internacional: 20 de junho deste ano

Por O Dia

Rio - O Flamengo encaminhou à Fifa nesta quinta-feira um pedido de registro provisório do atacante Geuvânio, apresentado na semana retrasada após ter sido contratado junto ao Tianjin Quanjian, da China. Sem os papeis, o nome do atleta ainda não pode ser publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, procedimento necessário para que o jogador estreie com a camisa do time rubro-negro.

Geuvânio não vai poder enfrentar o VascoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

A expectativa dos brasileiros era que a documentação relativa à transferência internacional de Geuvânio chegasse até esta quinta-feira ao País, mas o registro ainda não foi enviado pelos asiáticos.

Em nota, o Flamengo reiterou que iniciou o trâmite na data de abertura da janela internacional: 20 de junho deste ano. O clube diz que aguardou o prazo de 15 dias previsto para o envio da contraordem pelo time asiático e afirmou que a atitude dos dirigentes do Tianjin Quanjian é passível de punições esportivas e financeiras.

A diretoria da equipe rubro-negra revelou também no comunicado publicado no site do clube que, tão logo receba o registro do atleta, vai pleitear junto à Fifa o ressarcimento por parte dos chineses pelo tempo que Geuvânio não pode atuar devido ao imbróglio burocrático.